Seja bem-vindo a loja virtual do Cavok Brasil!

ESQUADRÃO PHOENIX - 2º/7º Grupo de Aviação - 1ª Edição

Seja o primeiro a comentar este produto

Disponibilidade: Em estoque

R$100,00

Descrição Rápida


Edição limitada.


Livro fartamente ilustrado com fotos históricas e atuais.



Medida: 28,5 x 21,5 cm


Capa dura


Miolo: 96 páginas coloridas


Prefácios: Ten Cel Av Hélcio José Jasiocha Soares


Autor: Mauro Lins de Barros - Ilustrações: Flávio Lins de Barros.


ISBN: 978-85-89015-57-8


POUCAS UNIDADES DISPONÍVEIS

ESQUADRÃO PHOENIX - 2º/7º Grupo de Aviação - 1ª Edição

Duplo clique na imagem acima para visualizá-la maior

Reduzir
Aumentar

Mais Visualizações

Detalhes

Apresentamos o livro do Esquadrão Phoenix que protagoniza um capítulo importante da Aviação de Patrulha, renovada nos anos 1980 com as aeronaves P-95 Bandeirante Patrulha. Sediado na Base Aérea de Florianópolis, um sítio histórico com importantes passagens da Aviação Militar e da Aviação Naval, bem como da Latécoère e da Compagnie Générale Aéropostale que a sucedeu. Dali decolou, durante a Segunda Guerra Mundial, em plena Campanha do Atlântico Sul, o PBM-3c Mariner, para atacar e afundar o submarino alemão U-513.

No pós-guerra, o então Destacamento de Base Aérea evoluiu para Base Aérea e recebeu, no início dos anos 1970, um esquadrão de Busca e Salvamento, o 2º Esquadrão do 10º Grupo de Aviação (2º/10º GAv), equipado com aeronaves SA-16 Albatroz e helicópteros SH-1D, que ali operou até 1980. Após um período em que se cogitou o fechamento da Base, a FAB decidiu criar o 2º/7º GAv e lá sediá-lo, ativando-o em 15 de fevereiro de 1982, subordinado à Segunda Força Aerotática (II FAT), mais tarde, Segunda Força Aérea (II FAE), cujo Quartel-General situa-se atualmente no Rio de Janeiro.

Seu equipamento aéreo constitui-se de aeronaves P-95 Bandeirante Patrulha, conhecidas como Bandeirulha, e sua missão primária é a vigilância do mar territorial brasileiro, para detectar, localizar e identificar embarcações nacionais e estrangeiras, em coordenação com a Marinha do Brasil.

Suas ações visam ao controle do tráfego marítimo, prevenção da poluição do mar, do contrabando e da pesca ilegal, além da neutralização de possíveis atos hostis por parte de embarcações civis ou militares.

A bem ilustrada e escorreita narrativa de Mauro Lins de Barros nos leva a conhecer os detalhes da jovem Unidade Aérea que é a sentinela dos ares nas águas jurisdicionais brasileiras mais austrais, somando gloriosos feitos à história da Aviação de Patrulha da Força Aérea Brasileira.

Tags do Produto

Utilize espaços para separar tags. Utilize aspas simples (') para frases.